2014 Whitney Biennal, Nova York

Considerada o principal panorama da arte contemporânea que é produzida nos Estados Unidos, a Bienal do Whitney Museum, em Nova York, propõe um novo e ousado método de curadoria em sua 16ª edição.

A Bienal de 2014 traz um novo e ousado conceito com três curadores de fora do próprio Whitney, sendo os escolhidos Stuart Comer, curador chefe de mídia e performance do MoMA; Anthony Elms, curador associado do Instituto de Arte Contemporânea da Filadélfia; e Michelle Grabner, artista plástica e professora do departamento de pintura e desenho no Instituto de Arte de Chicago. Cada um é responsável por um andar inteiro, representando lugares diferentes e metodologias de curadoria próprias.

“A Bienal de 2014 reúne os achados de três curadores com pontos de vista muito distintos. Há diferenças entre os artistas que cada um selecionou, e ao mesmo tempo há também uma base em comum. Isso pode ser observado em suas escolhas de artistas trabalhando de maneira interdisciplinar, artistas trabalhando coletivamente e artistas de uma grande variedade de gerações. Juntos, os participantes oferecem uma das mais diversas e amplas visões de arte nos Estados Unidos que o Whitney mostrou em muitos anos”, declarou Donna de Salvo, curadora chefe e diretora dos programas de arte do museu.

A grande maioria dos artistas participantes da 16ª edição da bienal moram e trabalham nos Estados Unidos, mas já exceções como Ei Arakawa, nascido no Japão; Sterling Ruby, da Alemanha; Emily Sunblad, da Suécia; e o coletivo HOWDOYOUSAYYAMINAFRICAN?, com participantes de diversos continentes. Entre os destaques, estão artistas nascidos na década de 20 como o escultor John Mason; e representantes mais jovens dessa geração, a exemplo de Dashiell Manley e Yve Laris Cohen. A curadora Michelle Grabner focou sua participação em reunir pinturas abstratas feitas por mulheres de diferentes épocas, enquanto Stuart Corner procurou, através da arte, novos conceitos para significar o que é ser americano.

 

2014 Whitney Biennal

Até 25/5

http://whitney.org/