American Ballet Theatre – 75 anos

Metropolitan Ópera House – New York

O Metropolitan Ópera House, em New York, será palco para a Gala de 75 anos do American Ballet Theatre. No dia 18 de maio, serão apresentadas diversas performances abrangendo sete décadas e meia da Companhia, além de palestrantes convidados e trechos de filmes, honrarão os históricos ballets e os bailarinos que ajudaram a lapidar a identidade da Companhia.

 

Sobre a Companhia

 

O American Ballet Theatre (NY – EUA) foi fundado em 1937 por Mikhail Mordkin, ex-bailarino do Ballet Bolshoi – Rússia, foi consagrado como uma das grandes Companhias de dança do mundo.

Reconhecido em seu país como um tesouro nacional, é a mais representativa Companhia de Ballet americana, por seu número de apresentações nacionais e internacionais.

A ideia inicial do American Ballet, quando foi lançada no outono de 1939, era de desenvolver um repertório com os melhores ballets do passado e encorajar a criação de novos trabalhos por jovens coreógrafos talentosos. Sob a direção de Lucia Chase e Oliver Smith, no período de 1940 a 1980, a Companhia atingiu plenamente a sua meta. O repertório, inigualável na história da dança, inclui todos os grandes ballets de repertório do Século XIX, tais como, “O Lago dos Cisnes”, ”A Bela Adormecida” e “Gisele,” as maiores criações do século XX, tais como “Apollo”, ”Jardin aux Lilás” e “Rodeo” e obras contemporâneas como “Airs”, ”Push Comes to Shove” e “Duets”.

Ao adquirir esse repertório extraordinário o American Ballet Theatre (ABT) tem trabalhos criados por todos os grandes gênios coreográficos, tais como: George Balanchine, Anthony Tudor, Jerome Robbins, Agnes de Mille e Twyla Tharp.

Em 1980, Mikhail Baryshnikov tornou-se diretor artístico do ABT, sucedendo Lucia Chase e Oliver Smith. Sob sua direção foram montados e remontados Ballets Clássicos e a Companhia experimentou o fortalecimento e o refinamento da tradição clássica.

Em 1990, Jane Hermann e Oliver Smith, tornaram-se diretores da Companhia e dedicaram-se a manutenção das grandes tradições do passado, sem deixar de trazer uma grande inovação de ballets.

Desde outubro de 1992, Kevin Mc Kenzie, ex-bailarino da Companhia, é o diretor artístico e mantem firme a versão de conservar o vasto repertório da Companhia e levá-los aos grandes palcos do mundo.

 

Gala:

Americano

-Billy the Kid (1º Episódio) – Companhia;

-Fance Free (excerpt-trecho) –Herman Cornejo,Cory Stearns,Marcelo Gomes;

-Rodeo (excerpt-trecho) –Xiomara Reyes,Craig Salstein;

-Black Tuesday   (“Brother,Can you Spare a Dime”?) – Damiel Simkin;

-Push Comes to Shove ( 4º Movimento ) – Herman Cornejo;

 

Theatre

-Fall River Legend (excerpt-trecho) – Gillian Murphy,Roman Zhurbin;

-Les Noces ( 2º Ato ) – Companhia;

-Pilton of Fire (excerpt-trecho) – Julie Kent,Cory Stearns;

-The Bright Stream(excerpt-trecho) – Daniel Simkin,Victor Barbee;

-Manon (1º Ato – Pas de Deux ) – Diana Vishneva,Marcelo Gomes;

-Swann Lake (4º Ato) – Misty Copeland,James Whiteside;

 

Ballets

-La Bayadère (excerpt-trecho) – Company;

-Sinfanietta (3º Movimento) – Devon Tesucher,Thomas Forster,Veronika Part,Blaine Honen,Isabella Boylston,James Whiteside;

-The Leaves are Fading (Pas de Deux ) – Hee Seo,Cory Stearns;

-Piano Concert nº 1 (4º Movimento) – Christine Shevchenko,Calvin Royal III,Skylar Brandt,Gabe Stone Shayer;

-Études (excerpt-trecho ) – Gillian Murphy,Joseph Gorak;

-Gisele (3º Ato excerpt ) – Polina Semionova,Stella Abrera;

-La Sylphide (1º Ato excerpt) – James Whiteside;

-Tchaikovsky Pas de Deux (excerpt) – Paloma Herrera;

-La Bayadère (Gamzatti ) – Hee Seo;

-Le Corsaire (Ali the slave) – Damiil Simkin;

-Don Quixote (Pas de Deux,excerpt ) – Isabella Boyston,Cory Stearns;

-Theme and Variations (Finale) – Sarah Lane,Joseph Gorak;

 

Serviço

American Ballet Theatre – Gala 75 anos – 1940 -2015

Metropolitan Opera House – New York,NY, EUA

Segunda-Feira 18 de maio de 2015

Horário : 18H30

Endereço:

Lincoln Center for Performing Arts,30,

Lincoln Center,Plaza,NY,NY,EUA.