Laureus World Sports Awards, o Oscar do esporte

Considerado o Oscar dos esportes, o Laureus World Sports Awards de 2012 aconteceu nos dias 5 e 6 de fevereiro, em Londres. O prêmio põe os melhores atletas no tapete vermelho com todas as honrarias ao esporte internacional e traz a participação de grandes atletas do passado e do presente, além de personalidades e celebs. A fundação tem como patrono ninguém mais, ninguém menos do que o nobel da Paz, Nelson Mandela, que diz: “O esporte pode levar esperança para onde havia apenas desespero”.

O prêmio foi batizado Laureus em referência ao laurel (louro em inglês), a coroa de louros dos vencedores olímpicos na Grécia Antiga, berço da competição olímpica.

Assista ao vídeo que resume o evento:

Nas categorias mais esperadas – melhores esportistas do ano masculino e feminino – quem levou o prêmio foi o tenista sérvio Novak Djokovic e a corredora queniana Vivian Cheruiyot. O Brasil teve destaque com o prêmio concedido ao ex-jogador de futebol Raí, que recebeu uma homenagem por seu projeto social com a Ong Gol de Letra e levou o troféu “Esporte para o Bem’.

Nomeados: Daniel Dias e Terezinha Guilhermina

Outros brasileiros ilustres que participaram foram o nadador Daniel Dias, que conquistou onze medalhas de ouro nos Jogos Parapan Americanos de Guadalajara, e a corredora cega Terezinha Guilhermina, que ganhou quatro medalhas de ouro no mundial de atletismo e três no Parapan. Ambos disputaram o prêmio de “Melhor Atleta Paraolímpico”, que ficou com o africano Oscar Pistorius.

Kelly Slater

A noite foi marcada por grandes estrelas dos esportes recebendo o merecido reconhecimento por seu trabalho ao longo do ano passado. Na categoria “Esportes de ação”, o surfista americano, Kelly Slater, que já foi 11 vezes campeão mundial, ganhou o prêmio pela quarta vez.

Os vencedores do Laureus 2012

Melhor Atleta masculino de 2011 – Novak Djokovic (SER/tenista)

Concorrentes: Lionel Messi (ARG/futebol), Dirk Nowitzki (ALE/basquete), Usain Bolt (JAM/atletismo) e Cadel Evans (AUS/ciclismo);

Melhor Atleta feminina de 2011- Vivian Cheruiyot (QUE/atletismo)

Concorrentes: Petra Kvitova (RCH/tênis), Maria Höfl-Riesch (ALE/esqui), Homare Sawa (JAP/futebol), Carmelita Jeter (EUA/atletismo) e Yani Tseng (CHN/golfe);

Melhor Atleta Paralímpico – Oscar Pistorius (AFS/atletismo)

Concorrentes: Daniel Dias (BRA/natação), Terezinha Guilhermina (BRA/atletismo), Esther Vergeer (HOL/tênis), David Weir (ING/atletismo) e Irek Zaripov (RUS/esqui);

Melhor Atleta de Esportes Radicais – Kelly Slater (EUA/surfe)

Concorrentes: Jamie Bestwick (ING/bike), Philip Köster (ALE/windsurfe), Carissa Moore (EUA/surfe), Travis Rice (EUA/snowboard) e Shaun White (EUA/
snowboard);

Melhor equipe – Barcelona (ESP/futebol)

Concorrentes: Dallas Mavericks (EUA/basquete), All Blacks (NZL/rúgbi), RBR (AUT/Fórmula 1), seleção japonesa feminina de futebol e seleção inglesa de críquete;

Melhor Retorno – Darren Clarke (IRL/golfe)

Concorrentes: Eric Abidal (FRA/futebol), Sergio Garcia (ESP/golfe), Liu Xiang (CHN/atletismo), Crusaders (NZL/rúgbi) e Queensland Reds (AUS/rúgbi);

Revelação – Rory McIlroy (IRL/golfe)

Concorrentes: Yohan Blake (JAM/atletismo), Petra Kvitova (RCH/tênis), Li Na (CHN/ tênis), Oscar Pistorius (AFS/atletismo) e Mo Farah (ING/atletismo)

Assista ao vídeo de premiações passadas do Laureus:

Presidente do Laureus: o atleta Edwin Moses

Ao todo são sete categorias e seis indicados em cada uma delas, com esportistas internacionais que fizeram história em 2011. Quem seleciona os concorrentes é um júri, presidido por Edwin Moses (EUA/ atletismo) composto pelos 47 membros da Laureus World Sports Academy, com alguns dos melhores esportistas de todos os tempos, entre eles Michael Jordan do basquete, Emerson Fittipaldi das pistas e o skatista Tony Hawk.

Londres 2012

Em antecipação aos jogos olímpicos em Londres, esse ano, e para enfatizar a importância do Laureus na comunidade esportiva mundial, o primeiro ministro inglês, David Cameron, abriu a cerimônia.

A bela e a fera

Claro, que o momento “a bela e a fera” não poderia faltar. No caso, foi a parceria entre a lindíssima modelo israelense, Bar Rafaeli, apresentadora oficial do evento, e o ex-tenista alemão Boris Becker, conselheiro da fundação. A dupla lançou uma camiseta pólocriada pelo designer Shanghai Tang, de Hong Kong, em apoio ao uso do esporte como ferramenta de mudança social, filosofia central da Fundação Laureus. Parte das vendas da pólo serão destinadas a programas sociais ligados a essa Ong internacional de grande atuação.

Alguns super atletas que já levaram o Laureus

Entre os vencedores de outras edições estão nomes como Jenson Button (Inglaterra/fórmula 1), Roger Federer (Suíça/tênis), Sir Alex Ferguson (Inglaterra/futebol), Lewis Hamilton (Inglaterra/fórmula 1), Justine Henin (Bélgica/tênis), Kelly Holmes (Inglaterra/atletismo), Rafael Nadal (Espanha/tênis), Sir Steve Redgrave (Inglaterra/remo), Ronaldo (Brasil/futebol), Michael Schumacher (Alemanha/fórmula 1), Kelly Slater (EUA/surf), Serena Williams (EUA/tênis) and Zinedine Zidane (França/futebol).

Os atletas brasileiros

Além de Ronaldo (que recebeu o prêmio por seu retorno triunfal, em 2003), a seleção brasileira de futebol foi reconhecida como melhor equipe no mesmo ano. Outros atletas brasileiros que levaram a estatueta foram o skatista Bob Bornquist como melhor atleta de ação do ano de 2002 e Pelé, que recebeu o prêmio pela carreira, em 2000.

Nelson Mandela: “Esporte é esperança”

A fundação tem como patrono ninguém mais, ninguém menos do Nelson Mandela que na primeira edição declarou: “O esporte tem o poder de mudar o mundo. Tem o poder de inspirar. Tem o poder de unir as pessoas de uma forma que pouquíssimas outras coisas conseguem. Esporte pode levar esperança para onde havia apenas desespero”.

Esporte como ferramenta de mudança social

Compõe o Laureus três associações: a Laureus World Sports Academy, a Laureus Sport for Good Foundation e o Laureus World Sports Awards. A tríade é articulada em torno dapromoção e o uso do esporte como ferramenta para a mudança social e celebra da excelência dos heróis atuais, que são modelos não só de entretenimento, mas também de superação. O dinheiro arrecadado pela fundação é voltado para programas de esporte ao redor do mundo todo.

Mercedes-Benz, IWC Schaffhausen e Vodafone

O prêmio foi criado, em 1999, pela Founding Patrons Daimler e ogrupo de luxo Richemont. Desde então é patrocinado por marcas de peso como Mercedes-Benz, IWC Schaffhausen e Vodafone. Foi batizado Laureus em referência ao laurel (louro em inglês), a coroa de louros usada para homenagear os vencedores olímpicos na Grécia Antiga, berço da competição olímpica.

www.laureus.com

Para adquirir a camiseta Pólo que tem parte da venda revertida para a Fundação Laureus, acesse: www.shanghaitang.com

Patrocinadores:

Mercedes-Benz

www.mercedes-benz.com

IWC Schaffhausen

www.iwc.com

Vodafone

www.vodafone.com