Reinauguração do MAC – Museu de Arte Contemporânea

Depois de quatro anos de uma reforma de R$ 80 milhões, o antigo prédio do Detran de São Paulo, na frente do Parque Ibirapuera, projetado pelo arquiteto Oscar Niemeyer, foi entregue pelo Governo do Estado para a Universidade de São Paulo como a nova sede do MAC, Museu de Arte Contemporânea.

O antigo prédio do Detran, um dos marcos arquitetônicos da cidade São Paulo, que já abrigou a polícia e o exército por um curto período, é agora um dos mais importantes polos culturais da capital paulista. Depois de quatro anos de reformas, o edifício projetado por Oscar Niemeyer recebe a partir do dia 28/01 a primeira parte das obras do Museu de Arte Contemporânea da Cidade de São Paulo. O edifício não sofreu muitas intervenções arquitetônicas porque é tombado na esfera estadual e municipal, mas ganhou dois anexos construído especialmente para o museu, que serão ocupados nos próximos meses.

Para a abertura, o museu preparou a exposição “Tridimensional no Acervo do MAC: Uma antologia” que, além de mostrar peças importantes do acervo, ajudará no processo de adaptação do acervo museológico com testes de iluminação, refrigeração ambiental e conservação das obras. Ao todo constarão na primeira mostra 17 esculturas produzidas entre 1940 e 1990 e assinadas por grandes nomes da tridimensionalidade brasileira como Maria Martins, Gustavo Rezende, Cildo Meireles, Carmela Gross, Ernesto Neto e Carlos Alberto Fajardo, bem como representantes internacionais de peso, como o inglês Henry Moore. “São esculturas que parecem querer expandir-se por todo o espaço”, disse o curador do MAC – USP, Tadeu Chiarelli, sobre a mostra.

Durante o evento de lançamento do novo espaço – que pretende acender o interesse da população por museus e arte contemporânea -, o membro fundador do MAC e da Bienal de São Paulo, CiccilloMatarazzo (1898 -1977), um dos maiores fomentadores da cultura artística no país e dos mais importantes mecenas que o Brasil já teve, foi homenageado por sua contribuição de fôlego às artes plásticas brasileiras e sua inserção no mundo das manifestações culturais. O objetivo é que o museu esteja completamente instalado no final do ano para em 2013 o MAC comemorar seus 50 anos.

Detalhe importante: não dá pra entender porque os visitantes automobilizados não podem estacionar o carro dentro do museu. Se isso ainda não é possível, por que não colocar uma placa informando o contribuinte que mais adiante há um estacionamento? Ou melhor, por que não fazer um acordo com o tal estacionamento? Afinal de contas, a Avenida Pedro Álvares Cabral é uma via de trânsito expressa. Estamos aguardando uma solução!

 

A exposição “Tridimensional no Acervo do Mac: uma antologia”, dura até 29/07

MAC – Museu de Arte Contemporânea

Avenida Pedro Álvares Cabral, 1301 – São Paulo

Tel.: 11 5573-9932

Horário de funcionamento: Das 10h às 18h. Fecha às segundas. Entrada gratuita.

www.mac.usp.br