Saint Benedict Chapel, Suíça

Em 1984 uma avalanche destruiu a capela barroca da vila de St. Benedict, na Suíça, então quatro anos depois o arquiteto vencedor do prêmio Pritzker, Peter Zumthor, decidiu criar uma nova estrutura no topo de uma montanha imune a esse tipo de desastres naturais. Acima da vila, a capela é protegida de avalanches por uma densa floresta.

Com o formato similar ao de um barco, a capela é simples, poderosa e inesperada. A escolha de materiais rústicos e o uso de luz natural para realçar as linhas do prédio se encaixam perfeitamente no ambiente montanhoso.

Um cilindro que se transforma em uma forma oval que se transforma em uma quilha: a geometria da igreja, apesar de ser definida, é também dinâmica e brinca com o olho do observador. A construção de madeira tem acabamento de telhas finas e retalhos de madeira bem rústicos, que lembram as casas do vilarejo e combinam com a paisagem bucólica.

Diferente dos dramáticos e opulentos interiores de capelas e igrejas, a St. Benedict também é feita em madeira, lembrando que aquele é um lugar de contemplação e espiritualidade, sem a necessidade de muitos luxos, apesar de o piso lembrar as cabines de um luxuoso iate. O prédio é detalhado e belo!