Saw Swee Hock Studente Centre, Londres

Considerado o prédio do ano no prêmio de arquitetura britânica Riba, o centro estudantil une uma fachada clássica e charmosa a uma grande mistura de materiais em seu interior.

O Saw Swee Hock Studente Centre, da escola de Economia de Londres, ganhou o prêmio RIBA (premiação mais importante da arquitetura britânica) de prédio do ano. O espaço foi projetado pelo duo formado pelos britânicos Sheila O’Donnel e John Tuomey.

O projeto do prédio mistura o clássico ao contemporâneo ao usar o charme de um material como tijolos aparentes em toda a fachada, posicionados de diferentes maneiras, em uma estrutura assimétrica e moderna de telhados e paredes. Além disso, os tons terrosos do prédio – seis no total, já que são seis tipos de tijolos com textura diferentes -, esquentam o skyline acinzentando da capital inglesa. Nos andares mais baixos e nos mais altos, janelas grandes ligam a paisagem de fora com o interior do prédio, mas nos andares centrais, tijolos colocados em uma padronagem quase xadrez, deixando buracos para a entrada da luz exterior, escondem janelas.

A escolha dos tijolos para a fachada foi para balancear toda a mistura do interior. Em sete andares acima do chão e dois abaixo, está um clube noturno, academia, café, salas ecumênicas, estação de transmissão televisiva, estúdio de dança e escritórios, tudo para facilitar ao máximo a vida dos estudantes. Projetado para parecer um galpão, o espaço tem uma estrutura exposta que combina colunas de aço a piso de cimento. Escadas angulares são posicionadas em três cantos do prédio, enquanto uma espiralada está em sua entrada. A mistura de materiais como concreto, madeira, cerâmica e aço, entre outros, é um dos grandes diferenciais do prédio.

 

http://www.lse.ac.uk/intranet/students/campusLondonLife/sweeHockStudentCentre/Home.aspx

http://www.odonnell-tuomey.ie/